Serasa Experian revela queda de pedidos de recuperação judicial em maio

Compartilhe
Share on facebook
Share on linkedin
Share on twitter
Share on email
Share on whatsapp
Share on telegram
Serasa Experian revela queda de pedidos de recuperação judicial em maio

A Serasa Experian trouxe um levantamento que comprovou a baixa nos pedidos de Recuperação Judicial, que chegaram a 37% em comparação com o ano anterior. A partir do  Indicador de Falências e Recuperação Judicial foi possível compreender que 58 pedidos foram feitos durante o mês de maio deste ano, sendo que 92 foram feitos em 2021.

As que tiveram mais pedidos foram as micro e pequenas empresas, com 36 pedidos no total. No entanto, o Índice indicou a redução de 40%, em maio de 2022, dos pedidos por parte dessas empresas.

De acordo com Luiz Rabi, economista da Serasa Experian, “lidando com alta da inflação e da taxa de juros, os empreendedores estão buscando renegociar suas dívidas junto aos credores ao invés de se valerem do instrumento de recuperação judicial, que é sempre mais caro e demorado”. Ele completa que a situação de crise financeira que muitas instituições passaram demandou outras ações de seus donos.

Todos os setores demonstraram queda, ainda assim, o de serviços foi destaque por apresentar um número grande de pedidos, 28 no total. 

Leia mais: Renegociação de dívidas de pequenas empresas é realizada através de campanha online

Falência das empresas

Estudando ano a ano, houve redução de 27,2%, uma queda de 103 para 75 nos pedidos de falência. As empresas de micro e pequeno porte foram as que mais recorreram ao processo de falência, com 49 pedidos. Sobre os setores, eles mostraram uma grande melhora, em especial o de serviços, com 39 pedidos apenas.

Fonte: Jornal da Região

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Outros posts